Resolução n4

Tempo de leitura: 2 minutos

Olá turma, tudo bem?

 

Olha só, agora estamos entrando no segundo semestre de 2018 e neste segundo semestre temos um momento crucial na era da relação de trabalho, das informações que as empresas enviam decorrente dessa relação de trabalho.

 

Acontece que agora no segundo semestre de 2018, todos os demais empregadores que não estavam obrigados ao envio de eSocial no primeiro semestre de 2018, vão estar sendo obrigados agora. Eu falo todos os demais, mas como aqui no Brasil, para toda regra, existe uma exceção, acontece que são todos os demais empregadores que não estavam obrigados no primeiro semestre, com a exclusão das entidades públicas, também dos segurados especiais e dos pequenos produtores rurais, onde estes últimos vão estar obrigados somente em janeiro de 2019.

 

 

As empresas são obrigadas a transmitir o eSocial, podendo obedecer um faseamento, então agora em julho e agosto, informações como o cadastro inicial e as informações de tabela, setembro e outubro, enviar as informações dos seus vínculos e dos eventos não periódicos, e em novembro e dezembro estar transmitindo as informações da folha de pagamento e eventos periódicos como um todo.

 

Essa resolução trouxe uma novidade, podemos dizer que é algo meio que esperado, pois ela trouxe a possibilidade que de forma facultativa, uma opção da empresa possa estar transmitindo todas as informações ao eSocial de forma cumulativa somente na terceira fase do faseamento, ou seja, a partir de novembro.

 

Então a empresa pode estar optando por juntar as informações de cadastros iniciais, tabelas, eventos não periódicos e cadastro de vínculos somente em novembro. Uma dica que eu dou, não vá por esse caminho, você já tem aí o faseamento, agora em julho e agosto dá pra você fazer testes, corrigir suas rotinas e dar mais qualidade às informações. Aproveite até 31 de agosto e vá transmitindo as informações de cadastros iniciais e tabelas, para quando for em setembro transmitir as informações dos vínculos e as informações dos eventos não periódicos.

 

Não deixe para estar transmitindo tudo de forma cumulativa lá em novembro tá legal? Então é uma dica que eu dou, pois o melhor que podemos fazer quando se tratar de eSocial é agir com prudência e sabedoria.

 

Então um abraço, fica com Deus e até logo.